Rapsódia: Anjos e Demônios

20/02/2009

Historia da Ilha de Kb’Raq

Filed under: Kb'raq — Tags:, , , , , , , , , , — Mestre Emilson @ 13:00

Há muito tempo, quando ainda não havia a raça dos goblinóides, a ilha de Kb’raq fazia parte dos continentes de Eminarod e Cith, conhecida como o vale de Kb’raq. Localizado entre os dois continentes o vale servia como uma ponte natural.

Uma entidade sem forma definida habitava no seu subterrâneo. Era formada de ódio, maldade, corrupção e decadência. Sua maior ambição era sobrepujar todas as formas de vida da existência.

Habitavam também no vale duas raças de humanóides inteligentes: Worgs e Kobolds.

Os Worgs eram uma raça de seres usuários de magia, mas também eram mesquinhos e gananciosos, e foram os primeiros a sucumbirem a decadência da entidade sem nome e forma. Usando magias de destruição contra os que se opuseram a eles, formavam a linha de frente do Exército Caído.

Os Kobold são parentes próximos dos Dragões. Costumavam ser seres orgulhosos e arrogantes. Eram assim por serem imponentes, belos e grandiosos, lembrando em muito seus parentes. Possuíam o título de Dragões de Kb’raq.

Os Dragões de Kb’raq tinham a pretensão de escravizar as demais raças inteligentes, já que achavam-se superiores. Em decorrência disso deixaram-se ser corrompidos pelos aspectos da entidade.

Os Deuses ficaram sabendo das ambições desta forma de vida indefinida e como castigo aprisionaram-na nas profundezas do vale de Kb’raq, e selaram grande parte de seu poder, condenando-a a assistir toda a evolução do mundo. Por toda a eternidade.

Mas não foi apenas a entidade a ser castigada pelos deuses. Worgs e Kobold também receberam a punição divina por sua corrupção.

Os Worgs foram transformados numa espécie de animal quadrúpede, conservando sua inteligência, lembranças, emoções e consciência.

Os Kobold foram reduzidos à medíocres répteis humanóides que nada lembram sua antiga forma imponente de outrora.

Como último ato da ira divina os continentes foram separados e vale nunca mais serviria como “ponte” para ligá-los. Kb’raq foi rasgada dos continentes e expurgada. Foi condenada a transformar-se numa ilha. Um lugar isolado, amaldiçoado pelos deuses.

A criatura sem forma, mesmo aprisionada, agora no subterrâneo da Ilha, jurou vingança a toda forma de vida dos continentes. Como último feito, vomitou quatro raças de criaturas horrendas: Goblins, Robgoblins, Bugbears e Orcs. E consagrou em cada uma delas um de seus aspectos. A entidade instruiu que lutassem entre si até que houvesse uma única raça vencedora e esta por sua vez comandasse e guiasse os derrotados até os continentes para a destruição total.

Hoje a ilha é um lugar desolado pela maldade, decadência, ódio e corrupção. Habitado por Goblinóides, Worgs e Kobolds. Onde as mais desprezíveis formas de sentimentos e vidas caminham pela ilha.

Para mais detalhes, dar mais opinião e ver outras opiniões, acesse o link abaixo, do fórum rapsódia para o assunto:

http://rapsodia.forumr.net/ilha-de-kb-raq-f7/historia-da-ilha-de-kbraq-t88.htm#568

Anúncios

28/01/2009

A historia de Eminarod

Filed under: Eminarod — Tags:, , — Mestre Emilson @ 02:52

Um texto sobre a historia do continente de Eminarod foi colocado no fórum. Apresenta uma idéia geral de alguns aspectos do lugar.

[Uma prévia] COMO TUDO COMEÇOU

Realmente essa é uma questão que não é 100%. Sabe-se que há milhares de anos atrás, todo o continente era habitado por criaturas ferozes, pouco encontradas hoje em dia. Essas criaturas eram conhecidas como Dinossauros.

Das raças dominantes: os Anões foram os primeiros estrangeiros a chegarem. Depois vieram os Elfos. Formaram-se os Drows. Surgiram os Humanos. E por ultimo apareceram os Githzerais.

Cada povo trás a sua própria versão dos fatos que levaram Eminarod a ser o que é hoje. Os Anões falam que o continente foi erguido das profundezas do mar pela sua divindade principal. Os Elfos contam que o continente formou-se do corpo de um de seus desses mortos em uma batalha a muito acontecida. O Githzerais contam que tudo era um grande deserto, então venho às lágrimas de sua divindade, por causa da tristeza pelo sofrimento de seu povo, e criou os mares e Eminarod. Os Humanos e os Drows não têm opinião sobre isso, por que buscam ainda a razão maior do porque ele estarem ali.

No fórum ainda é possivel ler sobre:

  • LORDES ÉLFICOS
  • A CRIAÇÃO DOS DROWS
  • O POVO-LAGARTO
  • A CHEGADA DOS ANÕES
  • AS MONTANHAS DE ASHABA
  • A VIDA EM TAIUS
  • A MORTE EM TAIUS
  • O DESERTO DE SINVÁLEI
  • AS GUERRAS
  • CONFLITOS NAS FRONTEIRAS
  • OS GUERREIROS DA PAZ
  • FILHOS DOS VENTOS

Vale a pena conferir. Para mais detalhes acessem o link abaixo:

http://rapsodia.forumr.net/eminarod-f5/a-historia-de-eminarod-t25.htm

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.